A grande imprensa “liberal” carioca e a política econômica do segundo governo Vargas (1951-1954): conflito entre projetos de desenvolvimento

2017 ANO
1 EDIÇÃO
388 PÁGINAS

Impresso: R$ 52,90

Amazon

Digital: R$ 18,90

AmazonGoogleApple
Atenção: Os preços podem variar de acordo com as campanhas promocionais de cada loja

Luis Carlos dos Passos Martins

REF: 1038 Categoria:

O livro aqui apresentado pretende questionar a interpretação tradicional da historiografia brasileira sobre a oposição da grande imprensa carioca ao segundo governo Vargas (1951-1954), que seria motivada pela incompatibilidade entre uma imprensa liberal e um governo nacionalista. Tais pressupostos são exaustivamente analisados, permitindo verificar que nem o governo Vargas foi “nacionalista e anti-imperialista” nem a chamada grande imprensa era necessariamente liberal e “entreguista”. Constata-se, ao contrário, que ambos mais se aproximavam do que se distanciavam em termos de política econômica, pois compartilhavam boa parte dos princípios desenvolvimentistas que, à época, ganhavam densidade teórica com a CEPAL. Embora ainda se perceba a forte divergência política entre esses atores, os quais, porém, focavam-se mais nas políticas inclusivas sustentadas por Vargas em sua vida pública.

Informação adicional

Ano

2017

Autor(es)/Organizador(es)

Luis Carlos dos Passos Martins

Páginas

388

ISBN Impresso

9788539708895

Formato Impresso

14×21

ISBN Digital

9788539708901

Formato Digital

EPUB

Distribuição

Comercial