Brasil no limite: memórias de um correspondente 1958-1965

2021 ANO
1 EDIÇÃO
372 PÁGINAS

Em breve

Gary Neeleman, Rose Neeleman

REF: 1359 Categoria: Tags: , ,

Este livro é realmente uma jornada. É a trajetória de um americano que, quando jovem, se apaixonou por outro país, sua cultura, seu povo e sua língua. Gary J. Neeleman levará o leitor para a época em que pisou pela primeira vez no Brasil, para percorrer seus passos até os dias atuais, mostrando que suas experiências, associações e vida profissional como jornalista tornaram-se tão entrelaçadas com suas experiências e afeto pelo Brasil que as duas vidas se tornaram inseparáveis. Gary, é Cônsul Honorário do Brasil para a região Intermountain dos Estados Unidos há 20 anos, e trabalhou como jornalista no Brasil durante um dos períodos mais críticos do país. Essa história é muito pessoal, mas brasileiros e americanos deveriam ler para entender a perspectiva única de Neeleman sobre seu caso de amor com o Brasil. O livro que você está prestes a ler é uma crônica de suas incríveis experiências, desde 1954 até os dias de hoje. Os acontecimentos ocorridos no Brasil entre 1958-1965 foram críticos para sua história, e hoje poucos brasileiros conhecem os detalhes de histórias como a Guerra da Lagosta, a visita do presidente Dwight D. Eisenhower dos Estados Unidos, a de Fidel Castro e Che Guevara e a do rei da Etiópia, Halie Selassie, ao país, assim como a construção e inauguração da nova capital, Brasília, a busca pelo criminoso de guerra nazista Adolph Eichman, e como o Brasil esteve perto de se tornar uma República Popular Comunista no coração das Américas. Esse foi, de fato, um período transitório na vida de milhões de brasileiros e do próprio país.

Informação adicional

Ano

2021

Autor(es)/Organizador(es)

Gary Neeleman, Rose Neeleman

Páginas

372

ISBN Impresso

978-65-5623-201-0

Formato Impresso

16×23

Distribuição

Comercial

Série

N/A